No aniversário do Empreender, Clayton Conservani fala sobre limites extremos

O jornalista da Rede Globo, Clayton Conservani, repórter do quadro Planeta Extremo do Fantástico, ministrará palestra em Maringá nesta terça-feira (dia 3), às 19h30, durante um jantar empresarial no Buffet Moinho Vermelho, que tem capacidade para 600 pessoas. O evento é alusivo aos 17 anos do Programa Empreender, da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM). Os convites estão esgotados.

Acostumado a enfrentar situações extremas para suas reportagens, o jornalista falará sobre ‘Limites Extremos’ por meio de relatos sobre as aventuras que viveu em reportagens produzidas ao longo da carreira. Conservani já participou de quatro edições do Rally Paris-Dacar, escalou os montes Everest (Tibete) e Mckinley (Alasca), pedalou do Chile a Patagônia na Argentina e surfou a pororoca do Rio Araguari, na Amazônia.

Em suas andanças pelo mundo, o jornalista também ficou semanas sem ver a luz do dia, enfrentou ursos, disputou uma maratona na Antártica e teve a oportunidade de admirar de perto a aurora boreal.
O Empreender é um programa que une micro e pequenas empresas em núcleos setoriais ou multissetoriais para que possam traçar estratégias de aumento de competitividade. Entre as ações estão compras em conjunto, campanhas comerciais e publicitárias de um mesmo segmento e realização de capacitações específicas. “Temos o maior programa do gênero no Brasil, com quase 60 núcleos e mais de 700 empresas participantes”, conta o vice-presidente da ACIM Michel Felippe Soares, que preside o programa.

Realizado pelo Programa Empreender e pela ACIM, o evento tem apoio de BRDE, Cocamar, Fomento Paraná, Golden Ingá Suíte Hotel, Lowcúcar, Maringa Park Shopping Center, Moinho Vermelho Buffet, Sancor Seguros, Sanepar, Sicoob, Unimed Maringá e Webber Acabamentos.

 

Sobre o Empreender

O Programa Empreender teve início em Maringá em novembro de 2000 com o Núcleo Setorial das Automecânicas (NSA). Hoje são 57 núcleos setoriais ou multissetoriais e mais de 700 empresas nucleadas. Juntas elas desenvolvem inúmeros projetos que beneficiam as empresas participantes e, muitas vezes, o setor de atuação e a sociedade como um todo. Entre as principais ações dos núcleos estão: capacitação, negociações coletivas, geração de negócios, ações d e representatividade e projetos sociais.