Noroeste Garantias leva empreendedor à formalização

Mecânico há 15 anos, Cícero Domingos de Oliveira, morador de Umuarama, prestava serviço de maneira informal até abrir a própria empresa há um mês. Isso só foi possível com um empréstimo de R$ 20 mil que ele conseguiu por meio de uma carta de crédito emitida pela Noroeste Garantias.

“Para montar minha oficina, precisava de dinheiro, mas não tinha garantias para oferecer ao banco. Fui à uma agência da Sicredi e o pessoal me apresentou a Noroeste como solução. Abri a empresa e com um plano de negócios em mãos, busquei a Noroeste. A garantia de crédito me salvou”, relata.

Em menos de 20 dias o dinheiro foi liberado. Com os recursos, ele comprou ferramentas e locou um barracão de 500 metros quadrados próximo à região central. “Estou satisfeito com o movimento das primeiras semanas. Pessoas que atendia de vez em quando estão me procurando”, diz.

Enquadrado na modalidade Microempreendedor Individual (MEI), Oliveira é cauteloso e pretende contratar um funcionário futuramente, quando o negócio estiver estabilizado. Enquanto isso, o trabalho na oficina é dividido com a esposa, que é responsável pelas finanças e administração.

Sem fins lucrativos, a Noroeste Garantias é uma instituição que garante o pagamento de empréstimos em caso de inadimplência. Com uma carta garantidora da Noroeste, micro e pequenas empresas buscam bancos conveniados, que ao correrem menos riscos com a operação, concedem empréstimos com juros mais baratos.

Na Noroeste, o empresário pode requisitar uma carta de garantia de até R$ 100 mil – o valor médio garantido por contrato neste ano está em R$ 27 mil. Para acessar o serviço, basta procurar a Noroeste e apresentar ou pedir auxílio para elaborar um plano de negócios, detalhando custos e capacidade de pagamento. A proposta do empreendedor é analisada por um comitê e, se aprovada, o aval da concessão de crédito é concedido. Cerca de 70% dos projetos são aprovados.

Em funcionamento de 2011, a Noroeste já avalizou mais de 700 empréstimos para empreendedores de cerca de 60 cidades do norte e noroeste do Paraná. O valor garantido supera R$ 20 milhões.

A Noroeste mantém ponto de atendimento nas sedes das associações comerciais de Maringá, Nova Esperança e Umuarama.