Pesquisa aponta gastos de até R$ 1,8 mil com festas de fim de ano

Pesquisa realizada pela Faculdade Cidade Verde (FCV), Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) e Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) mostra que seis em cada dez consumidores de Maringá pretendem gastar até R$ 1.874,00 com as festas de fim de ano.

            Parte desses gastos será custeado com o décimo terceiro salário. Segundo o levantamento, 17,2% dos entrevistados disseram que vão usar o dinheiro extra para as compras de fim de ano. O item, no entanto, é apenas o quarto na lista.

            Este ano, a maioria (20,2%) pretende gastar o décimo terceiro salário para pagar dívidas. Já 18,8% usará para viagem – 45,8% dos entrevistados responderam que têm planos de viajar nos próximos seis meses. Outros 17,5% farão investimentos ou colocarão o dinheiro na poupança.

Confiança

Em relação a sondagem do consumidor, o Índice de Confiança do Consumidor de Maringá (ICCM) subiu 5,1 pontos, atingindo 100,6 pontos em novembro de 2017, contra 83,7 pontos do ICC-Brasil apurado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em outubro.

Em novembro, os consumidores maringaenses avaliaram mais favoravelmente tanto a situação atual quanto as perspectivas futuras. O Índice de Situação Atual (ISA) avançou 6,1 pontos e atingiu 100,7 pontos. O Índice de Expectativas (IE) subiu 4,3 pontos, indo para 100,5 pontos.

A pesquisa tem margem de erro de mais ou menos 2,19 pontos percentuais. Foram pesquisados 540 domicílios maringaenses, em todas as regiões da cidade.