Prêmio ACIM Esportes homenageia 400 atletas e paratletas maringaenses, técnicos e patrocinadores

O Prêmio ACIM Esportes 2017 homenageará 400 atletas e paratletas maringaenses, técnicos e patrocinadores na próxima segunda-feira (4). O evento será às 19 horas, no Teatro Calil Haddad.

Pelo quarto ano consecutivo, a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), Banco do Brasil e Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios do Paraná (Sinca) são responsáveis pela premiação, que reconhece o trabalho dos indicados por 31 associações esportivas da cidade. As categorias são: mérito técnico, mérito atleta de Maringá, patrocinador destaque e atletas destaques.

Além do anúncio dos homenageados, no dia do prêmio será realizada palestra com o campeão olímpico de vôlei de praia Emanuel. Um dos mais importantes esportistas brasileiros, ele começou a carreira no vôlei indoor, defendendo o Curitibano, no Paraná. Em 1991, passou a jogar paralelamente no vôlei de praia. Foi eleito pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) o melhor jogador da década de 1990 e, em 2016, passou a integrar o Hall da Fama do Vôlei.

O jornalista da Rede Globo, Clayton Conservani, repórter do programa Planeta Extremo, também estará presente na noite do evento. Acostumado a enfrentar situações extremas para reportagens, ele relata nos eventos que participa as aventuras que viveu ao longo da carreira.

O evento contará ainda com a presença de grandes nomes do esporte. Os atletas de alta performance maringaenses são: o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima; o jogador de futebol que já atuou pela Seleção do Japão e mantém um instituto com seu nome em Maringá, Alex Santos; o ex-jogador do Corinthians Ney de Oliveira; o campeão mundial de vôlei de praia Robson; o técnico da Seleção Brasileira de Handebol, Leozinho; e o jogador da Seleção Brasileira de Futebol sub-20, Claudinho.

O Prêmio ACIM Esportes conta com o patrocínio da Cocamar, Fomento Paraná, Maringá Park, Sanepar, Governo do Paraná, Sancor, Sicoob Metropolitano, Unimed Maringá, Unicesumar, Femsa e Lowçucar.