Sinduscon promove palestra sobre e-Social Empresas

 A partir de 1° de julho, o envio de informações relativas aos trabalhadores para a plataforma do e-Social passa a ser obrigatória a todas as empresas, independente do faturamento anual. Desde janeiro, quando o sistema unificado entrou em vigor, apenas empregadores e contribuintes com faturamento apurado, em 2016, superior a R$ 78 milhões, deveriam utilizar a plataforma. Para orientar adequadamente os associados sobre esta segunda fase da implantação do sistema unificado de informações, o Sinduscon-PR/Nor e o Serviço Social do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná Região Noroeste (Seconci-PR/Nor)), promovem nesta quarta-feira (dia 19), às 14 horas, a palestra “E-social: soluções para RH”, com George Coelho, que é fisioterapeuta e presidente da ABRH Noroeste. A ativ idade será realizada no auditório do sindicato, no Atrium Centro Empresarial, e é cortesia para os associados. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas no sindicato.

         O superintendente do Seconci-PR/Nor, Álvaro Pereira da Silva, diz que a correta alimentação das informações na plataforma do e-Social evitará multas que podem ser de R$ 500 por ato. “Este assunto é muito importante. Qualquer inconformidade gera uma notificação e, de imediato, a multa”, diz.

As 15 obrigações que devem ser comunicadas pelos empregadores por meio do e-Social são a Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados para controlar as admissões e demissões de empregados sob o regime da CLT, a Relação Anual de Informações Sociais, o Livro de Registro de Empregados, a Comunicação de Acidente de Trabalho, a Comunicação de Dispensa, a Carteira de Trabalho e Previdência Social, o Perfil Profissiográfico Previdenciário, a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte, a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais, o Quadro de Horário de Trabalho, o Manual Normativo de Arquivos Digitais, a folha de pagamento, a Gu ia de Recolhimento do FGTS e a Guia da Previdência Social.