Noroeste Garantias completa mil contratos

Há um ano e meio em Maringá, o empresário Marcos Antônio de Freitas está com os negócios a todo vapor. Ele era gerente da Eskimó Sorvetes em Ponta Grossa e veio para a cidade com o desafio de ser franqueado da marca. Em pouco tempo abriu duas unidades e agora está investindo para ser distribuidor. “Mesmo os três pontos sendo rentáveis, minha família e eu decidimos reinvestir o lucro e ampliar os negócios”, diz.

         Para ampliar a empresa, Freitas recorreu a Noroeste Garantias. Ele receberá a milésima carta de crédito da entidade sem fins lucrativos e, com isso, buscará uma instituição financeira conveniada a Noroeste para conseguir o empréstimo para a expansão dos negócios. A assinatura do contrato com a Noroeste será nesta sexta-feira (15), às 11h30, na avenida Pedro Taques 3064.

         Hoje as três unidades da Eskimó Sorvetes, que ficam no centro, na avenida Mandacaru e avenida Pedro Taques, recebem os produtos direto do fabricante com sede em Santa Catarina. Como o projeto de expansão, em pouco tempo Freitas será o fornecedor das unidades que pertencem à família dele e de outras cinco unidades que ficam na região. “Sendo o distribuidor dos produtos nas unidades de Maringá e em outras cidades, nosso lucro deve aumentar cerca de 50%”, comemora.

Desde que chegou à cidade, Freitas tem contado com o apoio da Noroeste Garantias, que é uma das seis sociedades garantidoras de crédito (SGC) do Paraná. A entidade assegura que pequenas e microempresas obtenham empréstimos e financiamento mais rapidamente e em melhores condições, além de garantir o pagamento às instituições financeiras em caso de inadimplência.

A terceira carta de crédito emitida para a Eskimó Sorvetes, que é a milésima da Noroeste, é no valor de R$ 36 mil e deve ajudar o empresário a estruturar o centro de distribuição.

Só em 2018, mais de cem empreendedores tiveram seus projetos aprovados e receberam a carta de crédito com valor médio de R$ 35 mil da Noroeste Garantias. Em nove anos de fundação e oito anos de operação, foram mais de R$ 37 milhões emprestados para micro e pequenas empresas, de 66 municípios do noroeste do Paraná.

A instituição conta com agentes de crédito nas associações comerciais de Maringá, Umuarama, Mamborê, Ubiratã e Nova Esperança. O empreendedor precisa apresentar um plano de negócios, que será analisado por uma comissão. Se o plano for aprovado, ele receberá uma carta de garantia e poderá escolher uma instituição financeira cooperativa conveniada.