ACIM e Codem recebem terceira chapa à reitoria da UEM

Os candidatos à chapa 2 à reitoria da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Roberto Cuman e Leandro Vanalli, apresentaram suas propostas na última segunda-feira (dia 30), na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), que abriu espaço para os candidatos em parceria com o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem). Cuman é farmacêutico e diretor do Centro de Ciências da Saúde. Já Vanalli é engenheiro civil e diretor do Centro de Tecnologia.

     Cuman ressaltou que os princípios da chapa são o “diálogo, transparência e respeito, para garantir a eficiência na gestão. Queremos boas práticas de governança corporativa”. Eles ressaltaram que a UEM tem orçamento de R$ 582 milhões, o que corresponde a 4% do Produto Interno Bruto (PIB) de Maringá e a 40% do orçamento da prefeitura. Com sete campus, a instituição tinha, em abril de 2018, 1.647 docentes e 1.638 agentes universitários. Só o Hospital Universitário (HU) tem 966 servidores e realizou 51 mil ate ndimentos em 2016. São quase mil partos por ano. Uma das propostas dos candidatos é repor os servidores do HU e da própria UEM.

    Eles também ressaltaram que pretendem fazer uma reforma administrativa e desburocratizar procedimentos de compras, de processos e serviços. Também querem “requisitar um representante da comunidade civil organizada na composição do Conselho de Administração”.

    Em relação às obras paralisadas, Cuman ressaltou que, se eleito, fará um diagnóstico dessas obras e envolverá lideranças para buscar alternativas para a conclusão. Na área de segurança, a chapa quer implantar um sistema online para registro de ocorrências e manter estreito relacionamento com o Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg). Os dois também ressaltaram a importância de estreitar a relação entre pesquisa e mercado. “A universidade tem o perfil de pesquisa, que tem que retornar para a socied ade. Queremos pensar numa UEM mais centrífuga, ou seja, de fora para dentro”, declarou Vanalli.

    A ACIM e o Codem receberam também as outras duas chapas que concorrem à reitoria da UEM. Em 16 de julho foi a chapa 1, composta pelas professoras Ana Lúcia Rodrigues e Lilian Mai, e em 23 de julho foi a vez dos candidatos à chapa 3, Júlio César Damasceno e Ricardo Dias da Silva, apresentarem as propostas. A eleição será em 21 de agosto e a gestão terá mandato de quatro anos.