Entrega do Prêmio Empresário do Ano será na sexta

Gilmar Leal Santos, franqueado da rede McDonald´s, receberá nesta sexta-feira (dia 31) o Prêmio Empresário do Ano, concedido pela ACIM, Sivamar, Apras e Fiep. A cerimônia de homenagem será às 20 horas no Moinho Vermelho e deverá reunir 500 pessoas – os convites são por adesão.

Engenheiro civil por formação, Santos foi analista do Banestado e da IBM, antes de ser empresário. Ele comprou a franquia do McDonald’s em Maringá, na época com dois restaurantes. Hoje são oito restaurantes, sendo cinco em Maringá e três em Londrina. Outros dois serão inaugurados neste ano e mais três em 2019. Com isso, serão 13 restaurantes e cerca de 800 funcionários, o que tornará a maior franquia McDonald’s do sul do Brasil.

Ele lembra que quando assumiu a operação em Maringá, enfrentou dificuldades. “Havia duas lojas em Maringá que a empresa tinha interesse em franquear e já tinham sido recusadas por sete franqueados porque não davam lucro. Fui participar de um treinamento do McDonald’s, que faz parte do investimento para ser franqueado, e no sétimo mês eles ofereceram as lojas de Maringá. Fiquei meio sem opção, tinha investido todo o dinheiro na franquia, então mudei para Maringá e assumi as duas lojas em 1996. Primeiro cortamos os excessos, demitimos gerentes, revimos custos e contratos. Porém, não era o suficiente para aumentar o faturamento. O restaurante era diferente do que o maringaense estava acostumado. A porta ficav a longe da rua, tinha que pagar para receber o lanche, não tinha garçom, o ambiente ficava fechado por causa do ar-condicionado e isso dava a impressão que era caro. Identificamos esse problema cultural e realizamos eventos que possibilitaram uma nova compreensão do produto. Em 17 de março de 1997 fizemos uma ação no qual vendemos Big Mac ao preço promocional de R$ 1,8. Nosso objetivo era fazer as pessoas entrarem no restaurante e experimentar o produto. Às 16 horas não tinha mais Big Mac. Foi um marco que mudou o conceito do maringaense sobre o McDonald’s. Depois fizemos uma reforma, ampliamos a loja, colocamos brinquedos, mudamos o atendimento, garantimos rapidez no drive thru. Com esses investimentos, o negócio foi ganhando corp o e peso”.

Outros negócios

Além de franqueado do McDonald´s, o empresário é fundador da rede Cineflix, a nona maior rede de exibição de cinemas do Brasil, presente em 16 cidades e que gera mais de 500 empregos. Ele também trouxe a Maringá as franquias da 5àSec, Hering, Rei do Mate, Spoleto e PBKids, repassando-as para outros empresários.

Além de empresário, Santos é fundador e ex-presidente da Associação dos Pequenos e Médios Exibidores do Brasil, e desde 1997 participa do McDia Feliz, ação voltada para a arrecadação de fundos para projetos direcionados às crianças e adolescentes com câncer. Além disso, é poeta e tradutor, além de jogador de basquete veterano.

Santos foi escolhido Empresário do Ano por uma comissão, em julho, já que o nome dele foi um dos indicados por 26 entidades, na primeira fase do processo. “É uma honra muito grande ser agraciado com este prêmio. Estou muito feliz”, declara.

No ano passado o Empresário do Ano foi João Cantagalli, da Crivialli do Brasil. A cerimônia terá patrocínio de Certezza Consultoria Empresarial, Cocamar, Coopercard, Escoplan Contabilidade, Fomento Paraná, Home Tatiana Pontara, Labore Saúde Ocupacional, Maringá Park Shopping Center, Moinho Vermelho Formaturas, Pajolla Mídia, Saint Helena Bilingual Education, Sancor Seguros, Sanepar, Shopping Cidade, Sicoob, Techtonner, Unicesumar, Unimed Maringá, Viapar e Webber Acabamentos.

Sobre o prêmio

O Empresário do Ano é uma sucessão do prêmio Comerciante do Ano, criado em 1980 pelo Sivamar. Em 1998 a ACIM passou a ser co-promotora e em 1999 o nome foi alterado, no mesmo ano Apras e Fiep passaram a ser parcerias da premiação.

Comerciantes do Ano

1980 – Yoshiaki Oshiro (Organtel)

1981 – Francisco Mommenshon (Supermercado Catarinense)

1982 – Shiniti Ueta (Ueta Cine Foto Som)

1983 – Adirson Rossi (Tecidos Norte-Sul)

1984 – Antônio Samorano Trava (Modulaque)

1985 – Mário Martinucci Filho (Móveis Martinucci)

1986 – Massao Tsukada (Livraria Bom Livro)

1987 – Pedro Bortolossi (Mercado de Calçados)

1988 – Carlos Ajita (Casas Ajita)

1989 – Hélio Shimabukuro (Loja Genko)

1990 – Damásio do Paraná Barão (Mercantil São José)

1991 – Dayton Gouveia (Gouveia)

1992 – Fernando Vieira Raimundo (Expoluz)

1993 – Jefferson Nogaroli (Supermercados São Francisco)

1994 – Antônio Donizete Busíquia (Dismar)

1995 – José Rubens Abrão (Casa Santa Terezinha)

1996 – Devanir Marion (MR Malharia)

1997 – Carlos Alberto Tavares Cardoso (Supermercados Cidade Canção)

1998 – Ariovaldo Costa Paulo (Arilu Distribuidora)

“Empresário do Ano”

1999 – Wilson de Matos Silva (Cesumar)

2000 – Benito Finco (Color Finco)

2001 – Luiz Lourenço (Cocamar)

2002 – Franklin Vieira da Silva (O Diário do Norte do Paraná)

2003 – Ágide Meneguetti (Usina Santa Terezinha)

2004 – Édson Recco (Recco e Recco)

2005 – Massayoshi Siraichi (Grupo ATDL)

2006 – Marcos Falleiro (M A Falleiro)

2007 – Durval Franciso dos Santos Filho (Unimed Maringá)

2008 – João Noma (Noma do Brasil)

2009 – José Sendeski Neto (Antenas Aquário e Perfileve)

2010 – Wilson Tomio Yabiku (Construtora Design)

2011- Reginaldo Czezacki (Prever)

2012- Jair Ferrari (Fortgreen)

2013- Fernando Ferraz (FA Maringá)

2014- Ilson Rezende (DB1 Global Softwares)

2015 – Carlos Walter (ZM Bombas)

2016 – Ciliomar Tortola (GTFoods)

2017 – João Cantagalli (Crivialli do Brasil)