Projeto do Conseg viabiliza 1500 cursos, inclusive de graduação, para policiais e familiares

Em sete anos, o projeto Reconhecer do Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg) viabilizou 1.500 cursos gratuitos, inclusive de graduação, para policiais e familiares de órgãos públicos ligados ao Sistema de Defesa Social e Segurança Pública de Maringá. Isso representa isenção de mais de R$ 3,5 milhões. Só neste ano foram ofertadas cem vagas por meio da parceria com o Senac, Colégios Anglo, Nobel e U nicesumar.

As vagas são ocupadas por agentes de Trânsito, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Sistema Penitenciário. “O objetivo é valorizar e reconhecer o profissional, viabilizando a capacitação e o aperfeiçoamento. São oportunidades que fazem muita diferença para os policiais e, sem dúvida, é um incentivo ao desenvolvimento de carreira”, afirma o coronel Antônio Tadeu Rodrigues, presidente do Conseg.

Interessados podem escolher entre cursos pré-vestibular, profissionalizantes, graduação ou pós-graduação. Para isso, o Conseg faz a indicação via ofício à instituição de ensino para, então, ser aprovada a isenção no curso. A 1ª tenente do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá (4ºBPM), Kelly Cristina Camargo Chagas, é uma das beneficiadas. Ela cursa o terceiro ano de Psicologia na Unicesumar.

“Comecei a graduação em Curitiba e pagava a mensalidade. Depois de um ano fui transferida para Maringá e, aqui, ganhei a bolsa integral pelo projeto. É um apoio muito significativo porque garante que a gente consiga concluir a graduação. Muitos policiais estão conseguindo estudar por causa desse incentivo”, comenta.

Kelly avalia que o conhecimento adquirido no curso tem contribuído para a melhora de sua atuação tanto no ambiente organizacional quanto no gerenciamento das ocorrências. “Outra vantagem é que o curso superior conta ponto para ascender na carreira e facilita o direcionamento para cargos relacionados à formação”, completa.