Sicredi promove educação financeira em escola rural de Sarandi

A Sicredi União PR/SP, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Sarandi, promove nesta terça-feira (07), às 9 horas, oficina de educação financeira para alunos do 1º ao 5º ano da Escola Municipal Luiz Gabriel Sampaio. A iniciativa faz parte do projeto ‘Cooperação na Ponta do Lápis’ da Sicredi União que, desta vez, atende uma instituição de ensino de área rural, já que a escola fica na Praça Santo Antônio, Chácara Aeroporto, no Vale Azul.

O gerente de Negócios da agência de Sarandi, Pedro Luiz Mochi Crozariolli, é quem vai ministrar a oficina. De acordo com ele, a proposta é oferecer conhecimentos básicos sobre educação financeira, por meio de material apropriado, a fim de despertar nas crianças valores, competências e novos padrões de comportamento que contribuam com a formação de cidadãos mais conscientes em suas escolhas financeiras.

Na ocasião, colaboradores da instituição financeira cooperativa também farão a entrega do gibi “Turma da Mônica – De onde vem o dinheiro”. As historinhas sobre educação financeira serão abordadas em sala de aula e, dessa forma, o conteúdo da ação será reforçada junto às crianças.

“Esses projetos da Sicredi União tem o objetivo de disseminar a educação financeira e contribuir com o fortalecimento da cidadania e da autonomia. Queremos repassar conhecimentos de forma simples e prática para compartilhar dicas sobre como escapar de dívidas e fazer o dinheiro render, por exemplo. A maioria das pessoas se capacita para ganhar dinheiro, mas não se atenta em como administrá-lo. Por isso, a importância de trabalhar desde cedo esse assunto”, enfatiza Crozariolli.

Projeto

As oficinas do projeto ‘Cooperação na Ponta do Lápis’ são conduzidas por colaboradores voluntários, que recebem capacitação com base no conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central. Somente na Sicredi União PR/SP são 71 multiplicadores, que trabalham com a expectativa de alcançar, este ano, mais de duas mil pessoas.