Com ampliação a partir deste mês, Centro de Oncologia da Unimed será o maior da região

A Unimed Maringá ampliará o Centro de Oncologia dos atuais 300 metros quadrados para 1,1 mil metros quadrados, se tornando o maior centro oncológico da região. As obras terão início na próxima semana e acontecerão em duas etapas: na primeira será feita a expansão do espaço para que os pacientes passe
m a ser atendidos lá após a conclusão dessa fase, em janeiro. Depois a atual estrutura será demolida para a construção de novos espaços.

Instalado na avenida Bento Munhoz da Rocha Netto, 750, o Centro atende mensalmente cerca de 550 pacientes, que recebem 1,2 mil aplicações por mês. Com a ampliação, a capacidade será dobrada. No local, além de tratamento quimioterápico adulto e infantil, serão feitos pequenos procedimentos e infusões de imuno
terapia. Também passarão a ser realizadas biópsias guiadas por ultrassom.

A dinâmica vai mudar com a nova disposição dos leitos de atendimento. Nas salas de quimioterapia, os pacientes serão submetidos ao tratamento em ambientes individuais. “O projeto partiu de um conceito de cabine de avião”, descreve a coordenadora de Suprimentos e Serviços de Apoio da Unimed Maringá, Gorete Toná
. É que assim como numa cabine de aeronave, os pacientes, apesar de estarem em um ambiente coletivo, terão cabines individuais, com TV e poltrona para acompanhante, com design e mobiliário voltados para garantir privacidade e conforto. O projeto foi desenvolvido por um escritório de arquitetura especializado em hospitais e clínicas.

As salas de infusão de imunoterapia serão separadas. “Hoje a quimioterapia e o tratamento imunoterápico ocorrem no mesmo local. Mas com o novo projeto, isso mudará, já que há pacientes com outros diagnósticos que fazem tratamento no local”, explica a coordenadora do Centro de Oncologia, Viviane Colhado.

Entre os equipamentos que serão adquiridos para a expansão do Centro estão os de suporte à assistência, como carros de dispensação a beira leito, que agilizam o atendimento e oferecem segurança. A equipe também será ampliada dos atuais 30 colaboradores, que incluem médicos oncologistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, auxiliares de farmácia, psicólogos e nutricionistas.

Atualmente o Centro de Oncologia conta com 13 leitos. Com os investimentos, a nova estrutura contará com 24 leitos, incluindo seis de aplicação infantil, além de cinco apartamentos. Também haverá salas de estabilização para emergência, de procedimentos e de biópsia, além de cinco consultórios p
ara atendimento multidisciplinar. As obras deverão ser concluídas em março do ano que vem.