Sinduscon apresenta, em Umuarama, mudanças na convenção coletiva

Empresários da construção civil do noroeste do Paraná poderão conhecer os detalhes da nova convenção coletiva de trabalho (CCT) do setor, a primeira firmada após a reforma trabalhista, que passou a vigorar desde o final do ano passado. É que na próxima terça-feira (dia 25) o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Noroeste do Paraná (Sinduscon/PR-Noroeste) realizará a palestra ‘O que mudou na convenção coletiva da construção com a reforma?’, com participação gratuita. Será às 19 horas na sede do Sesi/Senai, que fica na rua Capital da Amizade, 2.635.

A explanação sobre a CCT caberá ao advogado Sandro Trovão, que é assessor jurídico do Sinduscon, membro da Comissão de Direito Imobiliário da OAB Maringá e membro do Conselho Jurídico da CBIC. Segundo Trovão, a CCT é fruto de estudos e dedicação. “Foram muitas reuniões discutindo os principais pontos que poderiam ser ajustados”, diz.

Entre as inovações apresentadas no documento estão a possibilidade de as construtoras substituírem a oferta do café da manhã, obrigatória até então, por um cartão magnético com o valor correspondente à refeição. Com a nova legislação, é possível também fazer a troca de feriados por outro dia de trabalho, por meio de um acordo.

Na palestra, Trovão abordará outras mudanças importantes na CCT, como a terceirização e o e-Social, pisos salariais e esclarecerá dúvidas dos empresários. A participação na palestra será gratuita, sendo necessário apenas o envio do nome do participante, empresa e telefone para o e-mail administrativo@sindusconnoroeste.org.br