Gêmeas da natação conquistam medalhas no JAPS

As irmãs gêmeas e atletas da natação paralímpica Beatriz e Débora Borges Carneiro conquistaram medalhas de prata e bronze no 61º Jogos Abertos do Paraná (JAPS), realizado de 21 a 30 de setembro. Nadando contra as melhores atletas do estado, Beatriz conquistou prata tanto nos 200 metros peito quanto no revezamento 4×100 medley, e Débora ganhou bronze nos 800 metros livre e nos 100 metros peito, além de prata nos revezamentos 4×50 livre e 4×100 livre.

Ao todo, as irmãs participaram de oito provas e subiram ao pódio em seis delas. Além disso, ajudaram a equipe de Maringá na conquista geral como vice-campeãs no feminino. As gêmeas e o Tharcys Gustavo foram os únicos atletas paralímpicos a participar do JAPS.

Agora, as meninas seguem firmes nos treinos para a preparação para o Campeonato Brasileiro Paralímpico, que acontece em outubro, com a participação apenas dos oito melhores atletas de cada categoria.

Débora e Beatriz

Gêmeas idênticas, as irmãs competem na classe S14, que engloba competidores com alguma deficiência intelectual. Treinadas pelo professor André Yamazaki Pereira, elas têm se destacado em diversas competições, conquistando medalhas e quebrando recordes. Em 2016, Beatriz participou dos Jogos Paralímpicos Rio-2016 e conquistou a décima colocação geral nos 200 metros livre e quinto lugar geral nos 100 metros peito. Atualmente, as nadadoras, que são patrocinadas pela Unimed Maringá, ocupam a 5ª e a 6ª posição do ranking mundial na prova de 100 metros peito, que é a especialidade das irmãs.