Comitiva maringaense viaja a Medellín para conhecer projeto de segurança e negócios

Comitiva formada por 11 gestores públicos e privados de Maringá visitará Medellín, na Colômbia, entre os dias 20 e 23 de novembro, para conhecer estratégias de negócios e de segurança pública que transformaram em referência mundial a cidade dominada pelo narcotráfico nas déca
das de 1990 e 1980. A viagem é organizada pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem).

Uma iniciativa que ajudou a mudar a realidade local foi o projeto Medellín Ciudad Cluster, com núcleos para atrair investimentos de alto valor agregado, surtindo efeitos positivos na segurança, cultura e mobilidade urbana. “Na década de 1990, a cidade era a capital mundial da violência e do narcotráfico, mas com política
s públicas, instituições, sociedade civil organizada e população foi possível transformá-la em uma das mais inovadoras. As políticas de segurança foram tão eficientes que conseguiram reduzir o número de homicídios em 90% nos últimos 20 anos. Também houve investimento em mobilidade urbana e avivamento de praças públicas, do comércio”, comenta a economista do Codem e integrante da comitiva, Juliana Franco.

Estão previstas reuniões e visitas técnicas em diversas empresas, secretarias municipais de Segurança e de Cultura e Cidadania, associações, câmara comercial e outras entidades. “Medellín, hoje com 2,5 milhões de habitantes, tem perfil mais parecido com o de cidades brasileiras, porque fica em um paí
s em desenvolvimento, por isso é uma boa referência. Queremos aprender com o modelo de governança compartilhada e outros projetos, como o Natal Luz, que leva muitos turistas para a cidade”, diz Juliana.

Além dela, embarcam para a Colômbia o presidente do Codem e líder da delegação, José Roberto Matos; o presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), Antonio Tadeu Rodrigues; o presidente e o superintendente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), José Carlos Val&ec
irc;ncio e João Paulo Silva Junior, respectivamente; o secretário de Segurança Pública Antonio Roberto Padilha; os vereadores Mário Verri e Sidnei Telles; Maria Iraclésia de Araújo, pelo Convention Bureau; e Mohamad Ali Awada Sobrinho e Carlos Eduardo Duarte Peinado, pelo Instituto Cultural Ingá (ICI).

A iniciativa tem parceria da organização sem fins lucrativos Comunitas.