Sinduscon NOR/PR e AEAM assinam contrato para compartilhar imóvel

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil da Região Noroeste do Paraná (Sinduscon NOR/PR), Marcos Mauro Pena Filho, e o presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Maringá (AEAM), Gilberto Delgado, assinaram contrato para o compartilhamento do imóvel em que funciona atualmente a sede administrativa e área de lazer da AEAM, na Vila Nova. 
A formalização ocorreu nesta quarta-feira (27) com a participação de representantes de outras entidades da engenharia e arquitetura. O encontro contou com a presença do presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea/PR), Ricardo Rocha de Oliveira, e do vereador Mário Hossokawa (PP), já que o projeto precisou ser aprovado pela Câmara Municipal (Lei 10.797, de 2019) e sancionado pelo prefeito. “A área de mais de cinco mil metros quadrados foi doada pela prefeitura como lazer para a AEAM. Por isso, era necessária a autorização da administração pública para ser compartilhada e utilizada com a finalidade de trabalho. Pelo fato de serem entidades que atuam na mesma área, o procedimento foi facilitado”, explicou Hossokawa.
Pena Filho agradeceu o empenho do vereador e destacou que a parceria é uma solução sustentável para ambas as entidades. “Vamos compartilhar espaço e reduzir as despesas. Além disso, vamos utilizar esse local para beneficiar novos profissionais ou empresas, principalmente startups, proporcionando troca de conhecimento e de experiências. Ou seja, nasce aqui um palco para novos projetos que certamente trarão resultados positivos”.
Motivado com a união de forças entre as entidades, Delgado destacou que desde o ano passado a AEAM buscava soluções que viabilizassem a retomada do crescimento da associação. Para ele, o compartilhamento da sede administrativa foi uma solução assertiva. “Mais do que atender a necessidade das duas entidades, essa iniciativa traz a possibilidade de prestarmos contribuição efetiva para o setor. Por isso, estamos abertos para firmar mais parcerias e tornar o local produtivo profissionalmente, com a oferta de cursos, por exemplo”, adianta.
O presidente do Crea/PR parabenizou a iniciativa e ressaltou que a proposta das entidades de trabalharem em conjunto é um exemplo. “Estou certo de que o empenho por essa solução trará um futuro melhor e, por isso, reforço o apoio do Crea/PR, que se coloca à disposição para contribuir com essa nova proposta das entidades”, frisou Oliveira. 
A lei que permitiu o compartilhamento dos espaços é de autoria dos vereadores Mário Hossokawa, Sidnei Telles Filho e Altamir Antônio dos Santos.