Na ACIM, Aripar divulga Indicadores do Registro Imobiliário de Maringá

    A Associação dos Registradores de Imóveis do Paraná (Aripar) divulgou nesta semana o resultado do inédito estudo Indicadores do Registro Imobiliário, destacando os dados do município de Maringá, que é a primeira cidade do Paraná e a terceira do País a participar do projeto. A apresentação foi realizada durante a reunião do Conselho Administrativo da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM).
    O encontro reuniu mais de 70 convidados entre membros da diretoria da ACIM e da Aripar, representantes do poder público, de entidades de classe de Maringá, do Registro de Imóveis, de instituições financeiras e de imobiliárias da cidade. 
    Na oportunidade, foram divulgados o aumento de 7,5% nos registros de compra e venda de imóveis em relação aos últimos 12 meses e a variação positiva de 3,4% no número de registros feitos em Cartório no mês de maio em relação ao mês de abril, em Maringá. Além disso, 75% dos registros consistem em compra e venda, o restante inclui transações de imóveis por doação, herança, entre outros. O indicador revela ainda que desde 2017 o cenário maringanese aponta para a retomada de crescimento do setor.
    O estudo completo pode ser acessado pelo endereço eletrônico https://bit.ly/2LWPytM, e foi realizado com os dados do Registro de Imóveis. O levantamento também contou com o suporte técnico da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que fez o levantamento estatístico, e o apoio oficial do Ministério da Economia.
    O presidente da Aripar, Gabriel Fernando do Amaral, informou que a proposta é que sejam divulgados mensalmente os dados do mercado imobiliário no Paraná. “Esses números carregam grande potencial porque favorecem a análise de mercado do ponto de vista de redução de risco de investimentos, da melhor aplicação de recursos públicos, principalmente nas políticas habitacionais” destacou.
    Conforme explicou o tesoureiro da Aripar, Fernando Matsuzawa, os indicadores divulgados no evento poderão ser utilizados por empresários e órgãos públicos para definir estratégias e auxiliar a tomada de decisões com relação aos investimentos, analisando a tendência de alta ou de queda, e também o estabelecimento de políticas públicas de acordo com um termômetro do mercado imobiliário.
     Durante o evento, o diretor de Tecnologia, Informática e Inovação da Aripar, José Eduardo de Moraes, também apresentou a plataforma da Central de Serviços Eletrônicos Compartilhados dos Registradores de Imóveis, e pontuou sobre a divulgação dos Indicadores de Maringá. “O estudo é, sem dúvida, de extrema importância para o mercado imobiliário e financeiro, pois hoje o que a sociedade busca é informação, e ela é valiosa”, ressaltou.
    Para o presidente da ACIM, ​ Michel Felippe Soares, os dados inéditos trazidos pela Aripar são de grande importância, pois contribuem para avaliar a situação econômica e do setor imobiliário do município. “Sem contar que é uma honra para Maringá ser pioneira no estado e a terceira do país a contar com um estudo relevante como este”.
    O vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora, enfatizou que os números divulgados serão utilizados pelo executivo municipal para entender a movimentação do segmento. “O estudo nos mostra se a cidade está aquecida ou não na questão imobiliária. Isso vai ajudar a direcionar nossas ações”, disse.
    Para o presidente regional do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi), Reginaldo Lamim, o estudo só vem a acrescentar. “É um termômetro para o mercado imobiliário, principalmente para os construtores, as imobiliárias e até mesmo para o cliente que vai saber onde comprar ou investir”, considerou.
    O presidente do Sinduscon-PR/Noroeste, Marcos Mauro Pena Filho, parabenizou o estudo proposto e o trabalho desenvolvido pela entidade que representa os registradores de imóveis do Paraná. “Os dados apresentados são úteis não só para o mercado, mas para todos na sociedade. Deixamos as portas abertas do Sinduscon para que possamos somar sempre que necessário”, salientou Pena Filho.
    O gerente regional da Caixa Econômica Federal na região noroeste, Antônio Clever Iecher, também felicitou a Aripar pela iniciativa. “Quero parabenizar os registradores por darem transparência aos seus serviços. Viemos com sete gerentes gerais da Caixa, porque os dados são muito relevantes e vão nos dar a possibilidade de analisar melhor o mercado”.