66% dos consumidores devem fazer compras de Natal, diz pesquisa da ACIM

Levantamento do Departamento de Pesquisa e Estatística (Depea), da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), revela que 66% dos consumidores pretendem fazer compras de Natal e 36% devem gastar mais neste ano, enquanto 30% devem desembolsar a mesma quantia do ano passado.

Roupas, brinquedos e calçados serão, nesta ordem, os itens mais procurados. Quanto aos valores dos presentes, a pesquisa mostrou que 48% devem gastar até R$ 300, e 20% pretende investir mais de R$ 500. A maioria dos consumidores (35,2%) vai garantir a compra dos presentes na primeira quinzena de dezembro, mas 26,6% devem deixar para o último final de semana antes do Natal.

O levantamento aponta ainda que 73% dos consumidores vão comprar em lojas físicas, e 21% devem optar pela internet. Quanto aos fatores que influenciam a decisão de compra, 37,1% dos entrevistados destacaram as promoções de preços, e 14% disseram que avaliam as condições de pagamento. Vale citar ainda que dentre aqueles que recebem 130 salário (72%), 14,3% utilizarão o recurso para comprar presentes de Natal.

A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 8 de novembro, e ouviu 484 consumidores que circulavam em pontos de fluxo de pessoas.