Nota da ACIM

A Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) informa que decreto da prefeitura de Maringá proíbe, entre os dias 11 e 14, as atividades de indústrias de produtos não essenciais, construção civil, serviços públicos não essenciais e a prestação de serviços de empresas e profissionais autônomos, exceto atendimentos em clínicas médicas, odontológicas e veterinárias.
Desde o início desta pandemia a entidade tem mantido diálogo frequente com as autoridades públicas para discutir o equilíbrio entre saúde da população e a sustentabilidade dos negócios, bem como a manutenção de empregos. Nesta quarta-feira inclusive a entidade se reuniu com o prefeito para apresentar informações e pleitear que não fossem afetadas as indústrias não essenciais cujas linhas da produção possam gerar perdas de insumo até a conclusão do processo. E pleiteou também o funcionamento do comércio, restaurantes e bares em virtude do Dia dos Namorados.
A entidade investiu mais de R$ 1,7 milhão em equipamentos e suprimentos para os novos leitos da Covid-19 de hospitais públicos, tem uma equipe multidisciplinar para acompanhar os indicadores da saúde e tem trabalhado, junto ao poder público, para permitir a abertura e a flexibilização das empresas. A ACIM se coloca ao lado dos empreendedores e tem trabalhado para minimizar as perdas que as empresas e seus colaboradores têm sofrido.