Feira Digital de Imóveis ‘recebe’ quase 14 mil visitantes

Feira Digital de Imóveis ‘recebe’ quase 14 mil visitantes
Feira Digital de Imóveis ‘recebe’ quase 14 mil visitantes

Em sete dias a primeira edição da Feira Digital de Imóveis de Maringá recebeu quase 14 mil visitantes online, sendo que 11,3 mil acessaram pela primeira vez o site www.centralimob.com.br, onde foram disponibilizadas mais de 400 opções com preços diferenciados. Com realização da Central de Negócios Imobiliários e participação de 17 imobiliárias, a feira teve opções para todas as faixas de renda, do programa Minha Casa, Minha Vida a alto padrão.
Os imóveis mais procurados foram os apartamentos, com 54,5% do total; seguidos por casas e sobrados, com 39%; e terrenos, com 4,5%. A faixa de preço foi variada, sendo que a maior procura foi para empreendimentos de R$ 200 mil a R$ 300 mil, com 25% das buscas; seguidos de imóveis de R$ 100 mil a R$ 200 mil, com 19,1%; e de R$ 300 mil a R$ 400 mil, com 17,7% das buscas. Empreendimentos de alto padrão, com preços entre R$ 1 milhão e R$ 3 milhões também tiveram procura elevada, com 8,2% das buscas.
Em relação à localização, os bairros mais procurados foram Zona 7, Centro, Jardim Novo Horizonte, Zona 3, Novo Centro e Zona 8. No total, foram 83 mil visualizações nos imóveis. “Tivemos um excelente evento, com um número surpreendente de acessos. Nas próximas semanas as imobiliárias darão continuidade ao trabalho, com a concretização das vendas. O resultado confirma que mesmo em época de crise, como a atual, as pessoas procuram os imóveis, porque são investimentos seguros”, comenta a presidente da Central de Negócios Imobiliários, Marisa Aparecida Macagnan.
Durante a feira, os corretores estiveram de plantão, para agendamento de visitas, esclarecimento de dúvidas e simulação de financiamento. E foram realizadas lives com especialistas, transmitidas pelo canal no Instagram @centralimob.mga. Os temas debatidos foram: cenários do mercado imobiliário e de crédito no Brasil e Europa; avaliação imobiliária; o futuro da profissão de corretor de imóveis; investimento no mercado imobiliário e um pregão em que corretores apresentaram ao vivo os imóveis à venda.
O evento teve o apoio do Sistema Cofeci-Creci, Sindimóveis-PR, Sistema Secovi-PR, Programa Empreender, ACIM, Sub 100, Associação dos Registradores de Imóveis do Paraná e UCI.