Sicredi União PR/SP compõe conselho do IDR Paraná

Sicredi União PR/SP compõe conselho do IDR Paraná

O gerente de Desenvolvimento do Agronegócio da Sicredi União PR/SP, Vitor Pasquini, integra o Conselho Consultivo da Mesorregião Noroeste, que foi instituído nesta quinta-feira pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR Paraná). A posse dos membros aconteceu na Casa do Criador, em Maringá.

Serão sete conselhos mesorregionais instalados no Sudoeste, Centro, Noroeste, Oeste, Centro-Sul, Norte e Metropolitana/Litoral. Os conselhos são os representantes da comunidade e contribuirão para a entrega de resultados positivos para a produção de riqueza no campo, conforme explica o diretor-presidente do IDR, Natalino Avance de Souza. “No Noroeste temos uma janela de oportunidades para aprimorar o processo produtivo, com o uso de tecnologia, inovação e capacitação continuada dos atores no agronegócio”, destacou.

Por teleconferência, o secretário da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, Norberto Anacleto Ortigara, destacou que o papel dos conselheiros é determinante para o Paraná alcançar um patamar elevado de produtividade agrícola, agregação de valor e qualidade de vida no campo.

Cada conselho reúne 11 integrantes titulares e 11 de suplentes. A presidente da Sociedade Rural de Maringá, Maria Iraclézia de Araújo, assumiu a presidência do conselho, que reúne representantes de cooperativas, sindicatos rurais, universidades, entre outras entidades do agronegócio. Vitor Pasquini representa as instituições financeiras. “Essa participação da Sicredi será relevante, principalmente porque temos o compromisso com o desenvolvimento da agricultura familiar. Sempre que o governo estadual for priorizar uma ação relacionada à agricultura, ele procura o conselho para identificar as prioridades. Participando deste conselho, a Sicredi poderá cada vez mais apoiar o pequeno e médio produtor rural”, reforça Pasquini.

O IDR é fruto da fusão do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA).